Yan Auad

YanAuad

NOME: Yan Maia Auad
IDADE: 22
CIDADE E ESTADO EM QUE VIVE: Belém (PA)
FORMAÇÃO: Advogado
ATUAÇÃO NA CERVEJA: Cervejeiro Caseiro, fundador e vice-presidente da ACervA Paraense e cervejeiro da Cã3s Cerveja Caseira
BLOG/SITE: Não informou
TWITTER: Não informou
FACEBOOK: www.facebook.com/yan.auad
INSTAGRAM: http://instagram.com/y_auad

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
Meu voto vai pra Hop Arabica, da Morada Cia Etílica. Bebi muita cerveja diferente em 2014, mas lembro dessa ter me chamado bastante atenção. Além de interessante, é extremamente saborosa e aromática.

1a) Melhor IPA produzida no Brasil
Fico com a Die Fizzy Yellow IPA, da Way. Bebi ela em garrafa a primeira vez em 2013, e em 2014 bebi ela em chope – está ainda melhor;

1b) Melhor Weissbier produzida no Brasil
Weizen da Dama Bier, de Piracicaba. Bebi poucas Weizen esse ano, essa foi uma das melhores de que consegui lembrar.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
Bamberg Maibaum. O que já era muito bom em 2014 se tornou ainda melhor. Muito me pesa votar em outra cerveja que não a Rauchbier, da mesma cervejaria, mas realmente a Bamberg Maibaum vai levar esse voto.

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
Bebi muita coisa boa em 2014. Duas cervejas me chamaram muita atenção esse ano, uma foi uma Gouden Carolus Easter com um ano e meio na garrafa, e uma Struise Pannepot safra 2011. Tirando esse quesito de “guarda”, meu voto vai pra Ashtray Heart, uma Smoked Porter da Evil Twin, que bebi faz pouco tempo e é sensacional.

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Fico com a Märzen/Oktoberfestbier da Brooklyn, que bebi “on tap” aqui em Belém. As cervejas da Brooklyn sempre chegam aqui no Brasil muito frescas, e essa, com o dulçor de maltes e equilíbrio de lúpulo, merece meu voto.

5) Qual estilo de cerveja você mais bebeu no ano?
Bebi tudo que pude alcançar, até porque poucos estilos não me agradam. Acho que nesse ano bebi mais Porters e Smoked Beers, nacionais e importadas, que são estilos de que eu gosto muito, e têm tido cada vez mais presença no mercado.

6) Qual cerveja tem a melhor relação custo x qualidade no mercado brasileiro?
Como nacional, destaco as cervejas da Way, que são ótimas e sempre são encontradas com preços muito bons. Como importadas, as cervejas da Brooklyn.

7) Melhor chope (nacional ou estrangeiro) à venda no Brasil
Minha resposta não pode ser diferente: Weihenstephaner Vitus. Onde eu chego e vejo esse chope, bebo no mínimo um.

8) Melhor bar/brewpub cervejeiro nacional
O clássico Empório Alto dos Pinheiros é o que primeiro me vem à cabeça. Porém, destaco os lugares que frequento em Belém, como o Kanguru Beer, o Black Dog English Pub, a loja do Jorge Amador e o finado Levedo Beer Import, que deixou saudade nas noites de sexta-feira.

8a) Em que local você tomou o chope mais bem tirado em 2014?
No lugar que mais bebi chope em 2014, que foi o Black Dog, aqui em Belém, sempre prezaram por um bom serviço de chope, sob a orientação dos proprietários e meus amigos Iuri Fernandes, Presidente da ACervA Paraense, e Gabriel Parente, sommelier de cerveja pela Doemens Akademie, bem como na torneira do Kanguru Beer, sob o comando de Fernando “Kanguru”, que vez por outra engata umas novidades por lá.

9) Melhor cerveja caseira
Esse foi o ano que mais bebi cerveja caseira na vida. Primeiro pelo trabalho que temos realizado na ACervA Paraense, onde as atividades dos cervejeiros daqui estão cada vez mais frequentes e melhores, e segundo pelo Encontro Nacional das Acervas, organizado pela ACervA Baiana, e que tive o prazer de brindar “in loco”. Aqui, fico sem dúvida com uma Russian Imperial Stout feita pelos meus amigos e cervejeiros Lucas Pinto, Iuri Fernandes e André Oliveira, maturada com lascas de carvalho embebidas no Jack Daniels. Estava uma coisa de outro mundo.

10) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil
Fiz uma viagem aos Estados Unidos no começo do ano, onde bebi muitas coisas em muitos lugares. Poderia citar cervejas como Brooklyn Black Ops, Samuel Adams Utopias e Goose Island Bourbon County, que dispensam qualquer comentário. Visitei muitas microcervejarias que abastecem os bares locais e me lembro de ter tomado uma Pale Ale da cervejaria Sun King de Indianapolis – IN, com o nome de Osiris, que tenho o sonho de beber um dia próximo de casa. Eu vejo a tentativa de muitas cervejarias chegarem naquele nível aromático, mas sem êxito.

11) Melhor blog ou site cervejeiro
Henrik Boden e Homini Lupulo.

12) Melhor design de rótulo de cerveja, nacional, importada ou caseira
Da cerveja Shark Pants, colaborativa da Struise com a Three Floyds. Criativo e engraçado.

13) Qual sua combinação favorita de cerveja e comida?
Fico com a harmonização Aecht Schlenkerla Rauchier + Maniçoba, prato típico paraense, preparado com folhas de maniva, acrescidas de carne suína, bovina e outros ingredientes salgados e defumados. Uma iguaria típica com um clássico alemão.

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Encontro Nacional das ACervAs, do qual tive a honra de participar na qualidade de vice-presidente da AcervA Paraense. Além da festa maravilhosa, das palestras imperdíveis, deliberamos sobre os rumos da cerveja caseira no Brasil.

15) Qual foi a maior novidade cervejeira de 2014 (receita, cervejaria ou técnica)?
Gosto de ver os pequenos produtores, que saíram das panelas, se unindo a cervejarias com a finalidade produzir sua receita, com terceirização dos equipamentos. Essa prática tem sido cada vez maior no Brasil. Dá mais oportunidade ao cervejeiro caseiro, que tem amor pelo seu hobby, e tem a intenção de levá-lo mais a fundo como atividade profissional.

16) Melhor fato cervejeiro
Fundação da ACervA Brasil, unificando e fortificando cada vez mais o cervejeiro caseiro, que é, junto com as artesanais, quem realmente faz crescer o cenário cervejeiro, e faz isso com amor.

17) Pior fato cervejeiro
As adversidades ainda presentes (apesar de menores) em relação à profissionalização. A entrada do cervejeiro caseiro como pequeno produtor no mercado tem como obstáculo não só o aspecto burocrático, mas a alta incidência de impostos, os valores elevados e a falta de incentivo governamental. Mas isso tende a mudar (e já está mudando).

18) Previsão cervejeira para 2015
Cada vez mais a inserção da cultura do cervejeiro caseiro, que, em minha opinião, é que quem mais fomenta esse mercado de cervejas artesanais. A diminuição das barreiras para o profissionalismo, e as atividades da ACervA Brasil aproximando cada vez mais a cultura “homebrewer” das pessoas.

19) Para você, o que é cerveja artesanal?
Apesar da difícil delimitação, partindo de uma análise conceitual, tendo artesanato como uma atividade com menos incidência de maquinário e mais trabalho “manual”, é a proximidade do artesão com o produto em todas as etapas de produção. No caso, cerveja artesanal seria essa conceituação de artesanato sobre a produção da cerveja.

20) Quem foi a pessoa que mais trabalhou pela cerveja brasileira em 2014?
Diria que o pessoal da ACervA Baiana com a explícita ajuda do ex-presidente da ACervA Candanga, Marco Aurélio Faria, sobre  o Encontro Nacional desse ano, que é o evento mais importante da cultura das AcervAs sobre o meio do cervejeiro caseiro, e sem essas figuras o evento não seria possível.

21) Que experiência própria, profissional ou pessoal, você acha que poderia ser aplicada à cerveja artesanal?
Acho que a principal experiência própria que posso passar, seria o fato de termos fundado a ACervA Paraense, no ano passado, mesmo estando milhares de quilômetros do centro do País, se sujeitando a fretes caríssimos, pouquíssimas informações, mas muita vontade de fazer acontecer o movimento cervejeiro aqui no Pará. Da mesma forma para poder estar presente nos eventos cervejeiros, como o caso do Nacional das AcervAs na Bahia, enfrentando voos de 10h de duração e madrugadas sem dormir para prestigiar o que estava acontecendo. Tendo força de vontade, a gente consegue alcançar o que quiser.

22) É possível se sustentar trabalhando apenas com cerveja no Brasil?
Acredito que sim. Temos algumas pessoas no cenário cervejeiro que, presume-se, conseguem se sustentar. Mas não sou a pessoa certa para tratar sobre isso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s