Kanji Iwamoto Jr.

KanjiIwamotoJr

NOME: Kanji Iwamoto Júnior
IDADE: 42
CIDADE E ESTADO EM QUE VIVE: Goiânia (GO)
FORMAÇÃO: Videografista na TV Anhanguera (afiliada da Globo), trabalho com computação gráfica. Mas já fui técnico de TI, dono de locadora de vídeo e vendi espetinhos.
ATUAÇÃO NA CERVEJA: Presidente da AcervA Goiana. Comecei a beber “profissionalmente”  em 2012, e agora em 2014 comecei a produzir cerveja artesanalmente em quantidades de 5 litros (cerveja de galão)
BLOG/SITE: http://www.isbeer.com.br
TWITTER: http://twitter.com/kanjijr
FACEBOOK: http://faccebook.com/kanjijr
INSTAGRAM: http://instagram.com/kanjijr , http://instagram.com/isbeerbr

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
DUM Petroleum, pra não repetir o estilo IPA e prestigiar uma das Russian Imperial Stouts mais massas do Brasil.

1a) Melhor IPA produzida no Brasil
Colorado Vixnu.

1b) Melhor Weissbier produzida no Brasil
Não tomo com frequência, então voto na última que tomei e tive uma boa experiência: Bierhoff Weizen. Se o escopo abranger as Weizenbock, voto na Bamberg Weizenbock Dunkel.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
Não tenho preferidas, mas gosto muito da Eisenbahn 5.

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
Várias da Brewdog, mas voto no chopp da Hoppy Xmas, excelente.

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Tomo poucas Lagers estrangeiras, por isso meu voto vai para a Faxe Royal Export, incluindo o custo-benefício.

5) Qual estilo de cerveja você mais bebeu no ano?
Com certeza, bebi muitas IPAs. Nem tanto pela preferência, mas pela oferta, que está bem maior, tanto nas nacionais como nas importadas. Taca lúpulo!

6) Qual cerveja tem a melhor relação custo x qualidade no mercado brasileiro?
Pela acessibilidade, voto nas Colorados, que são excelentes e têm na maior parte dos estabelecimentos (bares e supermercados).

7) Melhor chope (nacional ou estrangeiro) à venda no Brasil
Evil Twin Imperial Biscotti Break.

8) Melhor bar/brewpub cervejeiro nacional
Mesmo não podendo frequentar com a frequência que queria (ainda mudo pra São Paulo), voto no Empório Alto dos Pinheiros.

8a) Em que local você tomou o chope mais bem tirado em 2014?
Apesar de todos os lugares que costumo frequentar têm um bom serviço de chopp, voto no Olut, um bom bar aqui de Goiânia, com excelentes Weizen e Pilsners tirados (precisa fazer propaganda de quais são, né?)

9) Melhor cerveja caseira
Não sei se saiu da classificação de caseira, mas gosto muito da Hopium, da Confraria do Marquês.

10) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil
Alchemist Heady Topper, quero muito tomar ela!

11) Melhor blog ou site cervejeiro
Bebendo Bem, do Fabian Ponzi.

12) Melhor design de rótulo de cerveja, nacional, importada ou caseira
Bamberg Weizenbock Dunkel.

13) Qual sua combinação favorita de cerveja e comida?
Não sou muito gourmet, então minhas harmonizações favoritas são de coisas fritas (torresmo?) com IPAs

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Os que eu frequentei, os Encontros das ACervAs. Um contato direto com colegas cervejeiros, troca de ideias, culturas, um evento muito rico. Não tem tantas cervejas boas como os outros festivais, mas você não vai encontrar em outro lugar tanta gente apaixonada por cerveja, tanto para fazer como para beber.

15) Qual foi a maior novidade cervejeira de 2014 (receita, cervejaria ou técnica)?
A Wäls abrindo uma filial nos Estados Unidos! Melhor que isso, só se qualquer cervejaria americana abrisse uma filial aqui!

16) Melhor fato cervejeiro
A popularização do nicho de boas cervejas, que melhorou o acesso a elas, em vários locais do Brasil.

17) Pior fato cervejeiro
Não termos mais Founders no Brasil.

18) Previsão cervejeira para 2015
A melhor possível, principalmente no cenário de homebrewing. A popularização das cervejas artesanais incentiva mais e mais pessoas a fazerem a sua. Isso é ótimo, pois aumenta o nível de exigência dos consumidores, fazendo com que as cervejarias aumentem a qualidade e variedade de seus produtos. E com isso, o surgimento de novas nanos e microcervejarias, com o caseiro querendo legalizar sua profissão.

19) Para você, o que é cerveja artesanal?
Inicialmente, é uma cerveja feita com alma, e que não precisa ter elementos exóticos e estranhos, como muitos caseiros buscam. É simplesmente aquela cerveja que o mestre fez, achou muito boa e quis compartilhar com o resto do mundo. Tá, tem alguns que não compartilham brejas tão boas, mas agradar a todos, já viu como é!

20) Quem foi a pessoa que mais trabalhou pela cerveja brasileira em 2014?
Não sei se é pela influência do perfil do Facebook que sigo, mas acho que Alexandre Bazzo é uma voz polêmica, que busca melhorar o cenário do cervejeiro nacional, principalmente defendendo o respeito em relação aos impostos cobrados.

21) Que experiência própria, profissional ou pessoal, você acha que poderia ser aplicada à cerveja artesanal?
Aprenda a produzir cerveja e dê esta cerveja para ser criticada pelo máximo de pessoas possível. Eu espero muito uma impressão ruim, para que eu possa melhorar, tanto nos processos produtivos como nas impressões degustativas (não, não tem guaraná nem tutti-frutti na minha cerveja…).

22) É possível se sustentar trabalhando apenas com cerveja no Brasil?
A famosa resposta que começa com “DEPENDE”. Afinal, correr atrás de uma paixão é uma coisa. A outra é conseguir trabalhar legalizado, pagando todos os impostos, sofrendo todas as fiscalizações e ainda enfrentar um mercado cada vez mais agressivo e chato (ops, exigente). Se você faz uma IPA boa, ela precisa ser barata, senão você não consegue nem sobreviver com ela.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s