Eduardo Sampaio

EduardoSampaio

NOME: Eduardo Sampaio
IDADE: 28
CIDADE E ESTADO EM QUE VIVE: Porto Alegre, Rio Grande do Sul
FORMAÇÃO: Engenheiro de Alimentos e cervejeiro
ATUAÇÃO NA CERVEJA: Cervejeiro da Seasons
BLOG/SITE: não possui
TWITTER: não possui
FACEBOOK: http://www.facebook.com/eduardo.sampaio.7311
INSTAGRAM: http://instagram.com/egmsampaio

***

1)Melhor Ale produzida no Brasil
Wheat Wine Sour da Morada Cia. Etílica. Essa foi o achado em Blumenau, no Festival Brasileiro da Cerveja em 2014. Awesome!

1a) Melhor IPA produzida no Brasil
Black Metal IPA da Cervejaria Maniba. Baita cerveja!

1b) Melhor Weissbier produzida no Brasil
Alenda Weiss, de Morro Reuter (RS),cervejaria que é conduzida com maestria pelos amigos e cervejeiros Eduardo Unterleider e sua esposa, Dulce. A Alenda Bier é uma cervejaria especializada e focada em cervejas de trigo, possuindo em sua linha 10 rótulos, entre produções disponíveis o ano todo e sazonais, seguindo processos tradicionais de produção como decocção, fermentação aberta e refermentação em garrafas e barris. Ao meu ver, é a única cervejaria que produz somente cervejas de trigo no Brasil.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
Bohemian Pilsner da Cervejaria Heilige, de Santa Cruz do Sul (RS).

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
Duchesse de Bourgogne, uma West-Flemish Red Brown Ale resultado de um blend de uma cerveja “jovem” de 8 meses de maturação com uma cerveja “mais velha”, de 18 meses de maturação, ambas em barris de carvalho.

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil

Aecht Schlenkerla Rauchbier Märzen. On tap no bar fábrica é sensacional, e é muito bom conferir que essa cerveja chega em bom estado ao Brasil.

5) Qual estilo de cerveja você mais bebeu no ano?
American IPA.

6) Qual cerveja tem a melhor relação custo x qualidade no mercado brasileiro?
Indo mais além dentro de minha resposta sobre citar um único rótulo, acho importante destacar que, para se ter uma cerveja com custos acessíveis e de boa qualidade no Brasil, os consumidores  devem preferencialmente estarem próximos da cervejaria para beber produtos frescos, seguindo o conceito “Support your local Brewery”.

7) Melhor chope (nacional ou estrangeiro) à venda no Brasil
Brooklyn Sorachi Ace.

8) Melhor bar/brewpub cervejeiro nacional
Hidden Brewpub, de Porto Alegre.

8a) Em que local você tomou o chope mais bem tirado em 2014?
Hidden Brewpub, de Porto Alegre.

9) Melhor cerveja caseira
Galaxy IPA do cervejeiro Igor Bock. Grande cerveja.

10) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil
Red Barn Ale da cervejaria The Lost Abbey de San Marcos, California. Essa Farmhouse é incrivelmente aromática e me chamou muito a atenção também pelo seu equilíbrio com a presença de especiarias como cascas de laranja e gengibre. Não há uma melhor descrição dessa cerveja a não ser pô-la no copo e conferir o seu aroma e paladar durante bons minutos. Agradeço à Caroline Bender pela escolha do rótulo diretamente in loco onde a cerveja é produzida.

11) Melhor blog ou site cervejeiro
O site da Brewers Association, que traz ricas informações em vários âmbitos da cerveja para quem está se iniciando ou é avançado no assunto.

12) Melhor design de rótulo de cerveja, nacional, importada ou caseira
Seasons Holy Cow #1 West Coast Style American IPA, do cara mais inspirador que conheço, Leo Garbin. Quando vi o rótulo já exprimi o meu desejo de tê-lo em camiseta.

13) Qual sua combinação favorita de cerveja e comida?
Ribs e American Amber Ale, simples assim.

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau (SC).

15) Qual foi a maior novidade cervejeira de 2014 (receita, cervejaria ou técnica)?
A linha de Sour Ales com frutas da Way Beer de Curitiba (PR). Um conceito novo para o Brasil ao mesmo tempo em que o processo de fabricação é bem peculiar – e exige domínio.

16) Melhor fato cervejeiro
Consolidação e atuação da Associação Brasileira de Microcervejarias frente ao sistema de tributação voltado às microcervejarias. Um trabalho que merece aplausos de pé para todos os envolvidos. O desenvolvimento de mercado depende muito disso.

17) Pior fato cervejeiro
Ego, oportunismo e falta de conhecimento. O mercado nacional ainda é muito pequeno e com todo esse “boom” muitos indivíduos e estabelecimentos se aproveitam da cena para tirar certo tipo de vantagem sem se importar com a qualidade do produto etc. E, em minha opinião, quando falo em qualidade de produto, digo que falta formação e informação para tais indivíduos na concepção de uma cerveja de qualidade. Com o tempo e uma maior solidez, acredito que o mercado passará por uma seleção natural e o consumidor saberá reconhecer de fato o que realmente é uma cerveja de qualidade. E isso já está acontecendo. Não estou generalizando, mas só digo que é isso que realmente acontece em qualquer outro tipo de mercado em franca expansão.

18) Previsão cervejeira para 2015
Produções colaborativas e mais consumidores descobrindo o caminho sem volta.

19) Para você, o que é cerveja artesanal?
Informação em estado líquido, que remetem a notas das verdadeiras percepções de uma cerveja, trazendo em segundo plano a história dos rótulos, quem e aonde os fazem etc. Se essa definição não ficou boa, então, o que acha desta? “Caminho sem volta”.

20) Quem foi a pessoa que mais trabalhou pela cerveja brasileira em 2014?
Não digo pessoa, mas uma entidade, a Associação Brasileira de Microcervejarias.

21) Que experiência própria, profissional ou pessoal, você acha que poderia ser aplicada à cerveja artesanal?
Penso que um conhecimento maior voltado às informações e parâmetros da água para a produção de cerveja. Vejo que muitos cervejeiros por aí não se preocupam com o que constitui cerca de 90% de seus produtos. É algo extremamente importante. E não se trata de simplesmente realizar a correção da água, mas sim dos porquês disso para que se possa chegar no objetivo proposto.

22) É possível se sustentar trabalhando apenas com cerveja no Brasil?
Sim, com dedicação nos estudos da concepção de um bom produto e de todos os processos que o tangem é bem possível. Fazer cerveja é uma atividade de aperfeiçoamento constante e que requer arrojo, ainda mais num mercado jovem como o Brasil, onde a diversidade e inovação tem muito espaço.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s