Daniel Monteiro de Barros

DanielMonteirodeBarros

NOME: Daniel Ferreira Monteiro de Barros… ou simplesmente Daniel “Bode”
IDADE: 32
CIDADE E ESTADO EM QUE VIVE: Rio de Janeiro (RJ)
FORMAÇÃO: Formado em direito. Atualmente sou servidor público – Especialista em Direito do Consumidor do Procon/RJ
ATUAÇÃO NA CERVEJA: Cervejeiro caseiro desde 2009, editor do Portal Cerveja Henrik Boden e ministra cursos e workshops sobre produção de cerveja em todo o Brasil.
BLOG/SITE: http://www.cervejahenrikboden.com.br
TWITTER: http://twitter.com/Henrik_Boden
FACEBOOK: https://www.facebook.com/pages/Henrik-boden/231197803614168
INSTAGRAM: não possui

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
Petroleum! Seja Wäls, seja DUM! Trata-se de uma cerveja excelente para um viciado em Russian Imperial Stouts como eu.

1a) Melhor IPA produzida no Brasil
Tanto a Green Cow quanto a Holy Cow são excelentes. A Seasons realmente sabe fazer IPAs.

1b) Melhor Weissbier produzida no Brasil
Fraga Weiss (em chope) e Bierbaum Weiss (em garrafa).

2) Melhor Lager produzida no Brasil
Bierland Vienna. Ela é, na minha opinião, a Lager mais gostosa e mais controversa do Brasil. Possui um amargor fino e delicioso além de aromas cítricos de lúpulos americanos e é justamente por isso que essa cerveja é controversa! Afinal, o que os alemães diriam de uma Vienna produzida com lupulagem assertiva (inclusive dry-hopping!!)? E mais ainda, e se soubessem que essa talvez seja a Vienna mais premiada do mundo? Pessoalmente adoro essa cerveja, mas acho que ela não deveria ser enquadrada nesse estilo e não consigo entender como ganhou tantos concursos justamente nessa categoria ou em outras ainda mais estapafúrdias como Red Ale (!!!).

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
Struise Black Albert. Conheci as cervejas da Struise no malfadado Belgian Beer Weekend Rio e foi amor à primeira vista (ou seria primeiro gole?) com essa belíssima Imperial Stout.

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Ayinger Celebrator. Melhor cerveja da família “Bock” que já tive oportunidade de degustar!

5) Qual estilo de cerveja você mais bebeu no ano?
American IPAs, mas o que posso fazer? Moro do lado de um Pub (Escondido/CA) que garante 12 torneiras de IPA quase o ano todo!

6) Qual cerveja tem a melhor relação custo x qualidade no mercado brasileiro?
Sempre pensei na Kaiser Bock como a melhor relação custo-benefício que temos aqui no Brasil, mas como ela não foi produzida em 2014, tive que achar uma alternativa à altura. Portanto eu fico com a Hopium, que além de ser, na minha opinião, a melhor American Pale Ale brasileira, tem uma preço bem atraente. Nunca vi um copo de chope Hopium custando mais do que 10 reais nos bares em que frequento. Espero que continue assim!

7) Melhor chope (nacional ou estrangeiro) à venda no Brasil
Bodebrown/Stone Cacau IPA.

8) Melhor bar/brewpub cervejeiro nacional
Melhor brewpub sem sombra de dúvida é o Penedon. Simplesmente todos os pratos e todos os chopes artesanais são excelentes. Melhor bar não podia ser outro senão o meu bar favorito, o Pub Escondido, CA.

8a) Em que local você tomou o chope mais bem tirado em 2014?
Botto Bar. Além de contar com uma linda câmara fria para acondicionar os barris, utiliza ocasionalmente um Randall com lúpulos e especiarias para infusões nos chopes

9) Melhor cerveja caseira
Perdão ao entrevistador, mas é impossível falar uma só sem cometer injustiças. Vou citar algumas maravilhas que bebi: IGAPIRA, uma Witbier de amigos cervejeiros aqui do Rio e a melhor do estilo que já tomei, aliás; DREGULADOS CHOCOLATE STOUT, que, apesar da enorme quantidade de chocolate utilizada, teve um lindo creme amarronzado de ótima formação e retenção; IPASSION FRUIT, uma Fruit Beer de maracujá que teve uma American IPA como base, foi feita pelo Leonadro Brandão e degustada no festival das Acervas em Salvador; CARCARÁ IMPERIAL IPA, do Fred Hespanha Matt; e GRAUCIO´S TRIPEL, do Gláucio.

10) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil
Sinto muita falta de excelentes cervejas americanas por aqui (Stone, Dogfish, Russian River, Firestone…). Mas se pudesse escolher uma cerveja qualquer sem restrições eu diria que a Dark Lord, uma Russian Imperial Stout de respeito da Three Floyds.

11) Melhor blog ou site cervejeiro
Homebrew Talk. Maior fórum sobre cerveja caseira do Brasil! Devemos muito ao Guenther Sehn (presidente da Acerva Gaúcha) por trazer essa importante ferramenta de conhecimento aos cervejeiros caseiros. O fórum está bombando!

12) Melhor design de rótulo de cerveja, nacional, importada ou caseira
Os cômicos rótulos da Urbana. Destaque para o A Piscadinha… Entendedores entenderão!

13) Qual sua combinação favorita de cerveja e comida?
Churrasco e cerveja caseira com os amigos! Não existe ninguém na face da terra que vai me convencer que existe harmonização melhor que essa!

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Esse ano tive oportunidade de ir em vários, mas o melhor tanto pela organização impecável como pelo local (e claro pelas cervejas) foi Encontro Nacional das Acervas em Salvador

15) Qual foi a maior novidade cervejeira de 2014 (receita, cervejaria ou técnica)?
O uso de receitas vindas das panelas por várias cervejarias! Bierland, Eisenbahn, Mistura Clássica são alguns exemplos que confiaram no talento de nossos cervejeiros caseiros. O resultado dessas parcerias sempre gerou excelentes cervejas!

16) Melhor fato cervejeiro
A crescente organização e parceria das nossas associações e confrarias, especialmente o movimento das AcervAs e da Abracerva. Historicamente sabemos que American Homebrewers Association (AHA) e a Brewers Association (BA) são as grandes responsáveis pela revolução cervejeira nos EUA e é por isso que me causa grande satisfação saber que estamos nos organizando e participando ativamente de todo esse movimento.

17) Pior fato cervejeiro
O fato de não termos conseguindo mudanças significativas junto aos nossos representantes no Legislativo, especialmente pelo fato de as cervejarias artesanais não terem sido incluídas no Simples!

18) Previsão cervejeira para 2015
Conquistas da Abracerva para melhorar o mercado cervejeiro e o avanço da cerveja caseira em nível nacional com a organização da Acerva Brasil.

19) Para você, o que é cerveja artesanal?
Eu sei que existe toda uma controvérsia acerca do termo “craft beer” nos EUA, mas aqui no Brasil acho que a questão da nomenclatura é mais fácil. Para mim cerveja artesanal é toda cerveja produzida com foco em qualidade, seja por microcervejarias, seja por cervejeiros caseiros (apesar de que para as caseiras eu prefiro me referir simplesmente por “cerveja caseira” ao invés de artesanal). Cuidado, no entanto, para não confundir com “cerveja especial”, que seria toda cerveja produzida (inclusive pelas grandes cervejarias) que também busque a excelência e fuja do padrão da Lager levinha industrializada que todos conhecemos.

20) Quem foi a pessoa que mais trabalhou pela cerveja brasileira em 2014?
Eu sempre admirei o trabalho apaixonado desenvolvido por grandes nomes da cerveja artesanal brasileira, como Marco Falcone (Falke Bier), Samuel Cavalcanti (Bodebrown) e Alexandre Bazzo (Bamberg). Certamente a cultura cervejeira brasileira deve muito a pessoas como eles. No entanto, penso que o movimento homebrewer é igualmente importante para a cerveja brasileira e é por isso que quero apontar a Luciane Tavares (presidente da AcervA Carioca) como o grande nome desse ano para a cerveja brasileira. Ela é uma das grandes responsáveis pelo “pontapé inicial” no projeto da AcervA Brasil, além de contribuir com a organização de outros vários eventos e cursos para cervejeiros caseiros.

21) Que experiência própria, profissional ou pessoal, você acha que poderia ser aplicada à cerveja artesanal?
Uma coisa que acho importante é realmente se dedicar e estudar. Não basta tomar cervejas boas e escrever avaliações na internet. Leiam livros, façam cursos e vasculhem a internet em busca de conhecimento. Aliás, acho que podemos aprender muito lendo determinados blogs e sites. Se hoje estou dando cursos de cerveja em todo o Brasil é justamente porque tive a disposição de aprender. A boa notícia é que estudar cerveja é extremamente divertido!

22) É possível se sustentar trabalhando apenas com cerveja no Brasil?
Com certeza, o mercado está em ampla expansão e temos muitas oportunidades para bons profissionais. Agora se sustentar é uma coisa, enriquecer é outra! Para realmente prosperar acho que ter coragem e dinheiro para investir e empreender em um negócio é essencial!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s