Anne Carolinne Carvalho

AnneCarolinneCarvalho

NOME: Anne Carolinne Carvalho Galdino
IDADE: 33
CIDADE E ESTADO EM QUE VIVE: Teresina (PI)
FORMAÇÃO: Bacharelado em ciências da computação
ATUAÇÃO NA CERVEJA: cervejeira caseira
BLOG/SITE: não possui
TWITTER: não possui
FACEBOOK: https://www.facebook.com/anne.carvalho.923
INSTAGRAM:  http://instagram.com/carolinnegaldino

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
Bodebrown Double Perigosa Wood Aged.

1a) Melhor IPA produzida no Brasil
Wäls Niobium.

1b) Melhor Weissbier produzida no Brasil
Bodebrown Hop Weiss.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
DUM Jan Kubis.

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
Rogue Hazelnut Brown Nectar.

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Mikkeller The American Dream.

5) Qual estilo de cerveja você mais bebeu no ano?
India Pale Ale.

6) Qual cerveja tem a melhor relação custo x qualidade no mercado brasileiro?
Amazon Beer Stout Açaí.

7) Melhor chope (nacional ou estrangeiro) à venda no Brasil
Emelisse Imperial Russian Stout.

8) Melhor bar/brewpub cervejeiro nacional
Hop’n Roll(Curitiba).

8a) Em que local você tomou o chope mais bem tirado em 2014?
Lagom Brewery & Pub (Porto Alegre).

9) Melhor cerveja caseira
Essa pergunta é um tanto difícil, pois aqui na minha cidade ainda é bem inibido o pessoal que faz cerveja. No entanto, entre as minhas produções, acho que a minha cerveja caseira Boi-Bumbá, que é do estilo Stout, foi minha melhor cerveja e ficou maturando por uns 3 meses com extrato de carvalho.

10) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil
Baladin Xyauyú Barrel, uma cerveja Barley Wine maturada em barris de rum.

11) Melhor blog ou site cervejeiro
Bebendo Bem.

12) Melhor design de rótulo de cerveja, nacional, importada ou caseira
3 Floyds Blot Out the Sun.

13) Qual sua combinação favorita de cerveja e comida?
Linguiça suína apimentada com uma boa IPA.

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Festival Brasileiro de Cerveja, em Blumenau (SC).

15) Qual foi a maior novidade cervejeira de 2014 (receita, cervejaria ou técnica)?
Inovação da Bodebrown no Brasil com a série de cervejas wood aged.

16) Melhor fato cervejeiro
A conquista de medalha de ouro e prata pela cervejaria Wäls na World Beer Cup. Nossa cerveja começando a fazer história no mercado internacional.

17) Pior fato cervejeiro
Cervejarias artesanais fora do Simples.

18) Previsão cervejeira para 2015
A cerveja artesanal no Brasil continuará em grande expansão, com mais novidades e com certeza mais prêmios internacionais para as nossas brejas – e também internacionalmente, pois já temos a Amazon Beer e Wäls com parcerias e fábricas para a produção lá fora.

19) Para você, o que é cerveja artesanal?
Na minha opinião o que leva a uma cerveja ser considerada artesanal está no próprio fato de ser artesanal, que em todos ou pelo menos um processo dentro da fabricação esteja envolvido o trabalho manual. A partir do momento em que uma cervejaria passa a produzir totalmente com automatização, já não considero mais artesanal.

20) Quem foi a pessoa que mais trabalhou pela cerveja brasileira em 2014?
Tenho uma admiração enorme pelo Murilo Foltran da DUM, que tem trabalhado bastante para conseguir produzir suas maravilhosas cervejas, e uma ação de crownfunding em O Petroleum é Nosso, cujo objetivo foi levantar recursos para a produção de um filme para documentar o cenário brasileiro por meio da produção da Petroleum. E a partir disso vários cervejeiros utilizaram a mesma ideia para produzirem cervejas pelo financiamento de crowfunding.

21) Que experiência própria, profissional ou pessoal, você acha que poderia ser aplicada à cerveja artesanal?
Acho que o desenvolvimento pelas cervejarias de uma versão brasileira de Lambics.

22) É possível se sustentar trabalhando apenas com cerveja no Brasil?
É possível sim, principalmente pelo mercado interno crescente e o despertar dos brasileiros para as cervejas de qualidade. Porém, os altos impostos no Brasil, burocracia e o alto investimento para se iniciar uma microcervejaria ainda são grandes percalços para quem quer sair da panela. Eu e meu esposo começamos como hobby mesmo a fazer cervejas, elas estão tão boas que temos amigos e conhecidos que querem comprar produções, mas temos o fato de que, pela lei brasileira, não podemos vender, diferente de produtos alimentícios como um espetinho que é vendido numa esquina, um cachorro quente que é vendido nas calçadas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s