Fabio Santos

FabioSantos

NOME: Fabio Santos
IDADE: 41
CIDADE E ESTAO EM QUE VIVE: Rio de Janeiro/RJ
FORMAÇÃO: Administrador de empresas,  sommelier de cerveja, sócio proprietário dos restaurantes Herr Pfeffer, Adega do Pimenta e Cervejota Bar e Botequim
ATUAÇÃO NA CERVEJA: Consultor da carta de cerveja dos restaurantes, responsável por eventos de harmonização de cervejas.
BLOG/SITE: http://www.herrpfeffer.com.br,  http://www.adegadopimenta.com.br  http://www.cervejota.com.br
TWITTER: não informou
FACEBOOK: http://facebook.com/fapenho
INSTAGRAM: http://instagram.com/fapenho

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
A Dubbel da Wäls merece ser citada, sobretudo por ter sido eleita a melhor Belgian Style Dubbel, primeiro ouro do  Brasil na Copa do Mundo da cerveja, a World Beer Cup.

1a) Melhor IPA produzida no Brasil
Holy Cow, colaborativa da Seasons com os californianos da Green Flash. O diferencial é que eles estão fazendo experiências com lúpulos diferentes em cada novo lote #1 #2

1b) Melhor Weissbier produzida no Brasil
Tecnicamente a Bamberg Weizen é perfeita. Entretanto, penso que a Fraga Weiss, uma cerveja do Rio de Janeiro, tem um toque de lúpulo mais acentuado e menos banana.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
Way Amburana Lager utiliza madeira em cerveja, o que é uma tendência contemporânea das melhores cervejarias do mundo. O destaque se dá na madeira regional Amburana Cearensis, muito conhecida por maturar cachaças.

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
St. Bernardus Abt 12.

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Ayinger Celebrator Doppelbock, a única Lager 100/100 pontos no RateBeer.

5) Qual estilo de cerveja você mais bebeu no ano?
Saison. Foram vários lançamentos, dentre os quais me aprofundei nas Lambics, Sauers  e as acéticas, como a Berliner Weisse

6) Qual cerveja tem a melhor relação custo x qualidade no mercado brasileiro?
Depende da tributação de cada Estado, que consequentemente interfere no preço final. Por exemplo, aqui no Rio de Janeiro acredito que a Mistura Clássica faz um trabalho bacana e tem um bom custo beneficio. Em geral, a Way tem a APA (1 litro) com o custo beneficio bastante interessante.

7) Melhor chope (nacional ou estrangeiro) à venda no Brasil
Colorado Ithaca Oak Aged. Barril de Bourbon.

8) Melhor bar/brewpub cervejeiro nacional
Bar Herr Pfeffer Leblon, melhor escolha de cervejas  e de chopes visitantes. Não poderia deixar de citar Penedon Brewpub, que tem  a cerveja Casa de Pedra  Wood Aged Strong Ale, medalha de ouro no Mondial de la Bìere em 2014.

8a) Em que local você tomou o chope mais bem tirado em 2014?
Herr Pfeffer Leblon Rio de Janeiro.

9) Melhor cerveja caseira
RockBird Black Nest, Oatmilk Stout com baunilha, do Afonso Dolabella, da AcervA Carioca.

10) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil
Goose Island Bourbon County.

11) Melhor blog ou site cervejeiro
All Beers.

12) Melhor design de rótulo de cerveja, nacional, importada ou caseira
Adoro os rótulos da Flying Dog, ilustrações irreverentes que seguem a filosofia Gonzo de Hunter Thompson; Ralph Steadman é o responsável por ilustrar os rótulos das cervejas.

13) Qual sua combinação favorita de cerveja e comida?
Gueuze com ostras.

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau (SC), e o Mondial de la Bière.

15) Qual foi a maior novidade cervejeira de 2014 (receita, cervejaria ou técnica)?
Cervejaria Tupiniquim. Parcerias com Evil Twin, Omnipollo responsáveis pelo movimento e amadurecimento  no cenário nacional das cervejas sauers, elaborando excelentes cervejas com  leveduras Brettanomyces .

16) Melhor fato cervejeiro
Premiação das cervejas Wäls no World Beer Cup.

 17) Pior fato cervejeiro
A não inclusão das microcervejarias no Simples.

 18) Previsão cervejeira para 2015
Acredito muito no cenário local, o consumo de cervejas de sua própria região, como já acontece nos EUA. Fatores econômicos, como instabilidade no dólar e pessimismo político, serão relevantes para a escolha de produtores locais mais acessíveis. O Rio de janeiro já tem um projeto bem interessante na região serrana, que é a Rota da Cerveja, privilegiando as microcervejarias, brewpubs e similares.

19) Para você, o que é cerveja artesanal?
Cervejas feitas sem conservantes químicos e também adjuntos, como xarope de milho e arroz,  que são usados apenas para reduzir custos, e que, principalmente, tenham a arte do cervejeiro no produto final.

20) Quem foi a pessoa que mais trabalhou pela cerveja brasileira em 2014?
Cilene Saorin, responsável no Brasil pelo curso Doemens Akademie de formação de sommeliers de cervejas, e Kathia Zanatta, responsável pelo Instituto da Cerveja, escola de sommeliers de cervejas.

21) Que experiência própria, profissional ou pessoal, você acha que poderia ser aplicada à cerveja artesanal?
Troca de informações entre os cervejeiros, buscando uma verdadeira associação, união de forças,  para fortalecimento deste segmento e aprimoramento de técnicas.

22) É possível se sustentar trabalhando apenas com cerveja no Brasil?
Apesar de todas as dificuldades tributárias,  acredito que sim, como, aliás, em qualquer outro negócio. Para tanto, é fundamental ter um produto de excelência, conhecimento técnico e atenção às demandas do mercado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s