Kelvin Azevedo

KelvinAzevedo

NOME: Kelvin Azevedo de Figueiredo
IDADE: 39
CIDADE E ESTADO EM QUE VIVE: Belo Horizonte (MG)
FORMAÇÃO: Analista de Sistema e Suporte
ATUAÇÃO NA CERVEJA: Presidente da Acerva Mineira, homebrewer, pós-graduando em Tecnologia Cervejeira (UNIBH)
BLOG/SITE: não informou
TWITTER: não informou
FACEBOOK: facebook.com/CERVEJA.EISENHERREN
INSTAGRAM: não informou

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
Júpiter American Pale Ale.

1a) Melhor IPA produzida no Brasil
Sexta-Feira, Imperial IPA (Social Beers + Invicta + Sixpoint).

1b) Melhor Weissbier produzida no Brasil
Cerveja do Monge.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
Dum Jan Kubis.

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
Speakeasy Double Daddy Imperial IPA.

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Brooklyn Silver Anniversary Lager.

5) Qual estilo de cerveja você mais bebeu no ano?
Russian Imperial Stout.

6) Qual cerveja tem a melhor relação custo x qualidade no mercado brasileiro?
Eisenbahn 5.

7) Melhor chope (nacional ou estrangeiro) à venda no Brasil
Wäls Petroleum.

8) Melhor bar/brewpub cervejeiro nacional
Villa Adriana (Belo Horizonte/MG).

8a) Em que local você tomou o chope mais bem tirado em 2014?
Villa Adriana (Belo Horizonte/MG).

9) Melhor cerveja caseira
Belgian Specialty Ale fermentada com leveduras Brettanomyces e priming feito com geleia de jabuticaba, do Rafael Reis (Acerva Mineira).

10) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil
Three Floyds Dark Lord Russian Imperial Stout.

11) Melhor blog ou site cervejeiro
Cerveja Henrik Boden.

12) Melhor design de rótulo de cerveja, nacional, importada ou caseira
Cerveja Vilã (Armando Fontes).

13) Qual sua combinação favorita de cerveja e comida?
Feijoada com cerveja Rauchbier.

14) Melhor evento cervejeiro nacional
South Beer Cup IV 2014, realizada em conjunto com a Brasil Bier em Belo Horizonte.

15) Qual foi a maior novidade cervejeira de 2014 (receita, cervejaria ou técnica)?
Produção da primeira Roggenbier nacional, a  Rock n’ Rye da Cervejaria Küd, receita do homebrew Giovanni Mendes (AcervA Mineira), eleita em concurso.

16) Melhor fato cervejeiro
Nascimento da Acerva Brasil, durante o Encontro Nacional em Salvador (2014).  Reunião composta por representantes de 12 AcervAs estaduais, onde foram definidas ações estruturais e iniciais para concretizar e organizar a AcervA Brasil. Muito trabalho pela frente, mas o mais importante é que todos os presentes se comprometeram com a causa e os trabalhos já começaram.

17) Pior fato cervejeiro
Os reflexos (custos) do novo modelo de tributação federal das bebidas frias (2014) sobre os pequenos produtores de cerveja (ciganos, nanos etc).  Esse novo modelo imposto pelo governo foi positivo apesar de não favorecer a todos de maneira justa, demanda muito debate e adequações futuras.

18) Previsão cervejeira para 2015
Aumento de custo de produção e do produto final (cerveja). Redução da importação e consumo de novos rótulos estrangeiros, devido ao aumento do dólar.

19) Para você, o que é cerveja artesanal?
Cerveja criada com foco na qualidade em vez da quantidade, onde o produtor preocupa-se com a elaboração de receitas que, de certa forma, contemplem os conhecimentos, insumos e procedimentos tradicionais de estilos específicos (escolas), tendo, também, grande preocupação e atenção com os insumos e formas de produção, independentemente do tipo de maquinário utilizado, mas que de certa maneira tem sua produção em escala “menor” por se tratar de produto com características bem definidas.

20) Quem foi a pessoa que mais trabalhou pela cerveja brasileira em 2014?
Infelizmente não lembro de uma pessoal que tenha um trabalho reconhecido em nível nacional, mas desconheço uma que tenha sido mais importante do que as AcervAs (associação).

21) Que experiência própria, profissional ou pessoal, você acha que poderia ser aplicada à cerveja artesanal?
Aumento do uso de receitas de cervejeiros caseiros nas produções das cervejarias profissionais, por meio de concursos como os da Aprazível (restaurante) e das cervejarias Bierland  e Eisenbahn. Ações desse tipo promovem a cultura cervejeira de maneira prática e econômica, pois essa cerveja tem maior visibilidade e potencial, além de promover os estudos de estilos específicos (pelos caseiros) e já lançar as cervejas com reconhecimento de profissionais (juízes) do ramo.

22) É possível se sustentar trabalhando apenas com cerveja no Brasil?
Sim, o retorno é que vai variar de acordo com o investimento (financeiro, tempo e intelecto), capacitação e em qual nível da “cadeia” que o profissional deseja atuar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s