Rodrigo Campos Oliveira

RodrigoCampos

NOME: Rodrigo Campos Oliveira
IDADE: 34
CIDADE E ESTADO EM QUE VIVE: Fortaleza (CE).
FORMAÇÃO: Cirurgião dentista
ATUAÇÃO NA CERVEJA: editor do blog ParaQueVoCerveja, cervejeiro caseiro, presidente da ACervA Cearense.
BLOG/SITE: http://paraquevocerveja.blogspot.com
TWITTER: https://twitter.com/ParaQVoCerveja
FACEBOOK: https://www.facebook.com/ParaQueVoCerveja
INSTAGRAM: não informou

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
BodeBrown Double Perigosa Barrel Aged.

1a) Melhor IPA produzida no Brasil
Tupiniquim/Omnipollo Polimango para as de estilo americano e Pagan IPA para as inglesas.

1b) Melhor Weissbier produzida no Brasil
Eisenbahn Weizenbock.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
Dama Bier Session Lager com dry hopping de Citra. Sei que cai na moda do lúpulo, mas ficou muito boa a combinação de uma Lager bem leve com o aroma explosivo de frutas tropicais do Citra. Poderia escolher uma Lager tradicional bem feita tecnicamente, como as da Bamberg, mas essa foi a primeira que veio à mente.

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
The Bruery Sour in the Rye.

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Entre as poucas que bebi durante o ano, lembro logo da Spaten Oktoberfest.

5) Qual estilo de cerveja você mais bebeu no ano?
Saison e American IPA.

6) Qual cerveja tem a melhor relação custo x qualidade no mercado brasileiro
Difícil bater as Eisenbahns nesse quesito, mas provei a Jade da Therezópolis e gostei bastante. Senti uma diferença entre garrafas diferentes, principalmente no aroma de lúpulo, mas no quesito custo benefício é uma boa escolha. Consegui comprar a garrafa de 600ml por 9 reais em supermercado aqui de Fortaleza.

7) Melhor chope (nacional ou estrangeiro) à venda no Brasil
Fiquei bem feliz com um pint de Fuller’s ESB.

8) Melhor bar/brewpub cervejeiro nacional
Mais uma vez voto no Biermarkt vom Fass de PoA pela variedade e preço dos chopes. Pela variedade de cervejas em si o Empório Alto dos Pinheiros é imbatível.

8a) Em que local você tomou o chope mais bem tirado em 2014?
Não votou.

9) Melhor cerveja caseira
Bouquet de Houblon Vieille Saison, com brettanomyces e chips de carvalho francês. Auto voto. Ficou com uma bela acidez e bem refrescante. Uma que não foi feita por mim foi a Pilsen do Jorge Fulerage. Muito bom beber uma Lager bem feita.

10) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil
Goose Island Bourbon County (Stout, Barley Wine, tanto faz, todas espetaculares!).

11) Melhor blog ou site cervejeiro
The Mad Fermentationist do Michael Tonsmeire. Ele virá ao Brasil esse ano para o Congresso Técnico da Acerva Catarinense.

12) Melhor design de rótulo de cerveja, nacional, importada ou caseira
Acho os rótulos da The Bruery sensacionais. No conjunto ficam mais belos ainda. A arte segue um padrão, mas tem diferenças sutis, até no recorte dos rótulos.

13) Qual sua combinação favorita de cerveja e comida?
Frutos do mar com Saison ou Duvel, Tripel com massa ao molho pesto, hambúrguer com AIPA.

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Não pude estar presente, mas um que deu vontade de ir foi o evento técnico da Acerva Catarinense com John Palmer, Stan Hieronymus e Brad Smith. Está se tornando um evento dos mais importantes no cenário homebrewer brasileiro, com nomes muito importantes do meio. O desse ano, então, será imperdível.

15) Qual foi a maior novidade cervejeira de 2014 (receita, cervejaria ou técnica)?
No Brasil o lançamento de receitas com brett e/ou lacto da Way e Tupiniquim. Também adorei provar uma linha de cervejas de estilos ingleses tão bem feitas como as da Pagan.

16) Melhor fato cervejeiro
Fundação da Acerva Cearense. Finalmente o movimento homebrewer apareceu com mais força do Ceará.

17) Pior fato cervejeiro
Prefiro nem lembrar das coisas ruins.

18) Previsão cervejeira para 2015
Cervejas com brettanomyces e lactobacillus sendo feitas cada vez mais no Brasil. Quem sabe vem uma penca de boas sours daqui a um tempo.

19) Para você, o que é cerveja artesanal?
Difícil definir o termo artesanal. Para alguns é a cerveja realmente caseira, sem equipamentos sofisticados, para outros é a cerveja feita nas microcervejarias, mesmo já tendo algum nível de automação. Hoje o nome é usado somente para diferenciar o produto das cervejas de massa, do mesmo jeito que usam os termos especiais, gourmet e quetais. Para mim, cerveja é cerveja. Seja ela artesanal ou de massa, o que importa é que seja boa. Mas não vou dar minha definição do que é uma boa cerveja! Sugestão de pergunta para a enquete do próximo ano (nããão!).

20) Quem foi a pessoa que mais trabalhou pela cerveja brasileira em 2014?
Uma andorinha só não faz verão. O coletivo com certeza ainda é mais importante e forte na valorização da cerveja. Mas seria ótimo ter o BOB presidente! Hehehehe.

21) Que experiência própria, profissional ou pessoal, você acha que poderia ser aplicada à cerveja artesanal?
As pessoas valorizam mais o produto quando conhecem o que estão consumindo, mas não adianta querer empurrar conhecimento goela abaixo de todo mundo. Nem todos estão abertos a provar novidades. O mercado é de nicho não só aqui, mas no mundo todo, mesmo em países onde o mercado está mais amadurecido.

22) É possível se sustentar trabalhando apenas com cerveja no Brasil?
Quem trabalha com isso só reclama, quem não trabalha ainda quer trabalhar de alguma forma. Acredito que existe espaço sim. Caso contrário não veríamos esse aumento no interesse por cerveja que vemos no mercado brasileiro. Quem está em mercados mais evoluídos no eixo Sul/Sudeste com certeza tem vida bem mais fácil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s