Fernanda Fregonesi

FernandaFregonesi

NOME: Fernanda Fregonesi
IDADE: 23
CIDADE E ESTADO EM QUE VIVE: Curitiba (PR)
FORMAÇÃO: Biomédica
ATUAÇÃO NA CERVEJA: Evil Mind pelo Yeast Facts
BLOG/SITE: não informou
TWITTER: não informou
FACEBOOK: https://www.facebook.com/YeastFacts e https://www.facebook.com/theycallmebunnay
INSTAGRAM: http://instagram.com/theycallmebunnay

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
Seasons Green Cow IPA.

1a) Melhor IPA produzida no Brasil
Fico com a Pagan IPA, sem querer puxar a sardinha pra Curitiba.

1b) Melhor Weissbier produzida no Brasil
Não costumo tomar muita cerveja desse estilo. Fuén.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
Double Vienna, da Morada Companhia Etílica.

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
Existent, da Stillwater Artisanal Ales. Além do rótulo absurdamente lindo (como todos os da Stillwater.)

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Aqui fico entre a Anchor California Lager e a Brewdog 77 lager.

5) Qual estilo de cerveja você mais bebeu no ano?
Saison, definitivamente. Além do boom de produção de cervejas deste estilo no Brasil, é o estilo de cerveja que mais curto tomar  :}

6) Qual cerveja tem a melhor relação custo x qualidade no mercado brasileiro?
Como moro em Curitiba, as cigas daqui (Morada, DUM, Tormenta, F#%*ing Beer etc) têm um preço excelente super acessível e ainda as encontro super frescas.

7) Melhor chope (nacional ou estrangeiro) à venda no Brasil
Acredito que aqui entre na questão a sanitização das linhas dos bares, e vou te falar que anda cada vez mais difícil tomar um chope em condições decentes.  Cada vez mais opto por garrafas ou pela fatídica pergunta “o que foi conectado hoje?” Dois chopes que sempre que têm vou atrás são o Punk IPA da Brewdog e o Ballast Point Sculpin IPA, são escolhas seguras e ótimas :}

8) Melhor bar/brewpub cervejeiro nacional
Bar: Black Dog Pub, de Belém. Além do ambiente INCRÍVEL e das comidinhas deliciosas, o bar conta com cervejas variadas on tap e em garrafa, o som de lá também é ANIMAL. Acertaram em cheio os amigos Iuri e Gabriel, morrendo de saudade de lá já. Mas acredito que o que mais frequentei neste ano foi o Barbarium, aqui de Curitiba. Porque sou uma gorda safada e as comidinhas de lá ganharam meu coração FÁCIL. (além do plus da água ser free.) Brewpub:  Cervejaria Nacional (SP) / Lagom (RS).

8a) Em que local você tomou o chope mais bem tirado em 2014?
Novamente mil pontos pro Black Dog Pub.

9) Melhor cerveja caseira
Saudade infinita da Burton da Zombier. Snif snif. Quem dera ela tivesse se reproduzido por brotamento na minha geladeira.

10) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil
Pode trapacear e colocar só a cervejaria? Haha ! AleSmith.

11) Melhor blog ou site cervejeiro
Um salve pro Dois dedos de Colarinho e pro Marcio pelo trabalho extremamente profissional.

12) Melhor design de rótulo de cerveja, nacional, importada ou caseira
Os rótulos da Stillwater  são, para mim, os mais bonitos do mundo. Apenaixxxx. Hahaha. (estou até considerando tatuar um.)

13) Qual sua combinação favorita de cerveja e comida?
Caramba… bom, acredito que nunca tenha me apegado muito nisso. Sorry…

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau (SC).  Já estou contando os dias pro de 2015!

15) Qual foi a maior novidade cervejeira de 2014 (receita, cervejaria ou técnica)?
Tantas cervejarias nacionais fazendo receitas colaborativas com cervejarias internacionais. Achei isso ótimo! Além do escambo de conhecimento, temos nisso um grande impulso para as cervejas nacionais ganharem notoriedade em outros países e para a expansão cervejeira do Brasil.

16) Melhor fato cervejeiro
O acolhimento de tantos cervejeiros ciganos no Brasil. É bonito demais ver as grandes cervejarias abrindo portas para os cervejeiros caseiros que buscam se profissionalizar e produzir as cervejas em grande escala. Acredito que isso favoreça a todos, tanto as cervejarias, por agregar um produto diferente a sua linha de produção, quanto aos cervejeiros por poderem finalmente começar a produção de suas cervejas e fazer com que seu produto alcance mais pessoas, aos designers apaixonados por cerveja que elaboram rótulos lindos e aos consumidores que agregam mais uma cerveja nacional ao seu consumo.

17) Pior fato cervejeiro
Ainda falta muita seriedade no trato da cerveja no Brasil. Falta seriedade na elaboração de concursos, seriedade quanto aos homebrewers por continuarem vendendo cervejas, seriedade quanto ao controle de qualidade das cervejas em cervejarias. Puxando a sardinha pro meu lado um pouco, cervejarias precisam de um laboratório para controle de qualidade de seus produtos. Parem e pensem um pouco sobre quantas cervejas este ano vocês não tomaram com problemas de contaminação ou quando compramos cervejas de um mesmo rotulo, puser de lotes diferentes que deveriam estar da mesma forma e estão totalmente divergentes? Esta situação me deixa triste, porque o foco do Brasil ainda é lançar receita e não focar na qualidade das que já estão sendo produzidas e investir para que elas sempre tenham qualidade.

18) Previsão cervejeira para 2015
Acredito que em 2015 o mercado irá agregar mais cervejarias ciganas, teremos mais colaborativas e com tudo isso vai rolar uma filtragem. Agora que temos muitas opções, destacam-se as boas das ruins, e a reputação do produto irá fazer com que algumas acabem sumindo de mercado.

19) Para você, o que é cerveja artesanal?
Cerveja artesanal é aquela que vai além da receita diferente de nossas cervejas de grandes indústrias. É a cerveja de quem não se conforma em tomar cervejinha padrão. Cerveja de quem teve o trabalho de ir atrás de pesquisar sobre como fazer sua própria cerveja e correu atrás de seu aprimoramento. É fazer cerveja do jeito que se gosta de tomar, sem se prender a nada.

20) Quem foi a pessoa que mais trabalhou pela cerveja brasileira em 2014?
Acredito que muita coisa não aconteceria sem a BIO4 e o Marcelo Barga. Espero que em 2015 eles consigam atingir cada vez mais cervejarias e cervejeiros caseiros.

21) Que experiência própria, profissional ou pessoal, você acha que poderia ser aplicada à cerveja artesanal?
Como trabalho nessa área de laboratórios, fermentação e leveduras, acredito que posso agregar bastante à cerveja. Este ano trabalhei muito para levar um pouco de conhecimento laboratorial para homebrewers, em 2015 irei focar mais em cervejarias.

22) É possível se sustentar trabalhando apenas com cerveja no Brasil?
Outch, eita perguntinha difícil. Bom, acredito que a profissão de cervejeiro e o trabalho em cervejarias sejam a coisa mais romantizada do mundo, porém não são as profissões mais bem pagas, além de que os cursos profissionalizantes da área são caros e alguns são restritos a apenas alguns lugares. Acredito que se sustentar só de cerveja role sim, mas é bem difícil. Num futuro, quem sabe role plenamente sim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s