Edson Carvalho Junior

EdsonCarvalho

NOME: Edson Carvalho Junior
IDADE: 35
CIDADE E ESTADO EM QUE VIVE: Florianópolis (SC)
FORMAÇÃO: Publicitário
ATUAÇÃO NA CERVEJA: Blogueiro. viajante cervejeiro. sommelier de cervejas pela ABS/SP. Também ministro cursos de introdução à cultura cervejeira e conduzo degustações.
BLOG/SITE: http://www.viajantecervejeiro.com.br
TWITTER: http://twitter.com/vcervejeiro
FACEBOOK: http://facebook.com/viajantecervejeiro e http://www.facebook.com/ecarvalhojr 
INSTAGRAM:  http://instagram.com/viajantecervejeiro

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
Fico com a Morada Wheat Wine Sour da curitibana Morada Cia Etílica, elaborada pelas mãos do cervejeiro André Junqueira e colocada à venda no Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau (SC), em 2014. Me surpreendeu por toda sua complexidade e, ao mesmo tempo, facilidade de beber. São 9,5% de álcool muito bem inseridos, uma acidez predominante e 45 IBUs (Unidade Internacional de Amargor).

1a) Melhor IPA produzida no Brasil
Meu voto vai para a Dama Bier Fellas Imperial Coffee IPA que, além do amargor de uma boa IPA, traz notas de café bem presentes, principalmente no aroma.

1b) Melhor Weissbier produzida no Brasil
Eisenbahn Weizenbock, clássica, porém nunca me decepciona.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
Tomei a Palta XLager ainda antes de ser colocada à venda e me surpreendi com o resultado.

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
A Fantôme Saison superou todas minhas expectativas, por isso voto nela.

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil

Eu sou muito fã da Brooklyn Lager e voto nela pela facilidade que a encontramos no País, pelo custo x benefício e por ser uma cerveja com alta drinkability.

5) Qual estilo de cerveja você mais bebeu no ano?
Tomei muita APA (American Pale Ale) esse ano.

6) Qual cerveja tem a melhor relação custo x qualidade no mercado brasileiro?
As cervejas da curitibana Way Beer.

7) Melhor chope (nacional ou estrangeiro) à venda no Brasil
Novamente a Brooklyn aparece nas minhas escolhas, dessa vez meu voto de melhor chope à venda no Brasil vai para a Brooklyn Sorachi Ace. Excelente cerveja!

8) Melhor bar/brewpub cervejeiro nacional
São vários, mas um que gostei muito nessas minhas andanças pelo Brasil foi o Formosa Pub em Francisco Beltrão (PR).

8a) Em que local você tomou o chope mais bem tirado em 2014?
Foi no Bar Sambaqui em Florianópolis (SC), e para melhorar ainda mais a experiência, só tomando o chope no mezanino do bar admirando o belo pôr do sol que Floripa nos proporciona.

9) Melhor cerveja caseira
Saison du Phlébotome do cervejeiro caseiro James Jimenez (Joinville, SC)

10) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil

Uma cerveja que sempre cito é a Steve Beer Best Bitter do cervejeiro Steve Huxley, um inglês que vive em Barcelona (Espanha). Infelizmente trabalha com produção limitada e não acredito que um dia chegará no Brasil.

11) Melhor blog ou site cervejeiro
Voto no blog do amigo Raphael Rodrigues do All Beers. Atualização diária, com texto direto e sempre trazendo as novidades do meio.

12) Melhor design de rótulo de cerveja, nacional, importada ou caseira
Os rótulos da DUM, desde o começo, me chamam a atenção, e meu voto vai para a DUM Grand Cru, desenvolvido pela agência de design D-Lab.

 

 13) Qual sua combinação favorita de cerveja e comida?
São várias, mas uma bem fácil, acessível e que não tem erro é provar uma Weissbier com queijo Brie.

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Sem dúvida o Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau (SC).

15) Qual foi a maior novidade cervejeira de 2014 (receita, cervejaria ou técnica)?
A preocupação de grandes cervejarias em entrar no mercado das cervejas artesanais, como foi o caso das cervejas especiais da Bohemia, que lançou três chopes especiais (Bela Rosa Witbier, Jabutipa IPA e Caá-Yari Belgian Blond Ale) além da Bohemia Reserva (English Barley Wine).

16) Melhor fato cervejeiro
Os eventos cervejeiros sendo realizados em vários Estados do Brasil, com muito mais frequência e qualidade. Festivais cervejeiros são ótimas oportunidades para atrair mais consumidores para este universo da cerveja artesanal.

17) Pior fato cervejeiro
Impostos excessivos, sempre eles.

18) Previsão cervejeira para 2015
Acredito que em 2015 vai ser o ano em que o mercado cervejeiro no Brasil vai começar um longo processo de amadurecimento. Hoje estamos vivendo um boom neste meio, com o surgimento de várias cervejarias, lojas especializadas, importadoras, distribuidoras, bares, brewpubs, todos apostando neste mercado em crescimento. Mas com o passar dos anos é comum sobreviver apenas aqueles que têm conhecimento do negócio, que façam investimentos certeiros e que trabalhem com paixão e afinco.

19) Para você, o que é cerveja artesanal?
Quando falo em cerveja artesanal, não me refiro apenas àquela feita em casa, ou fabricada em micros e nano cervejarias. Para mim cerveja artesanal é um termo conceitual onde a preocupação é com o produto final. Artesanal vem de artesanato, e o artesanato é uma técnica do artesão. Então cerveja artesanal para mim é aquela que é vista como uma obra de arte. São as cervejas fabricadas com cuidado e atenção, escolhendo os melhores ingredientes e respeitando todo o processo natural de fabricação do produto.

20) Quem foi a pessoa que mais trabalhou pela cerveja brasileira em 2014?
Pergunta difícil, até porque eu sempre acreditei que cada pessoa tem grande importância quando trabalha em prol do meio cervejeiro, e apelando para o dito popular, a união faz a força. Mas se precisamos apontar alguém, citaria o Samuel Cavalcanti da Bodebrown que além de estar sempre inovando, é um grande propagador da cultura cervejeira no Brasil.

21) Que experiência própria, profissional ou pessoal, você acha que poderia ser aplicada à cerveja artesanal?
Para que essa minha viagem cervejeira aconteça, mesmo sendo apenas eu o Viajante Cervejeiro, ela depende, principalmente, de outras pessoas. Caronas, hospedagens na casa de desconhecidos, confiança dos empresários para apoiar e montarmos cursos por onde passo, além de várias outras pessoas que me ajudam. Sem elas, este projeto não aconteceria. No meio cervejeiro essa parceria e trabalho em conjunto já acontece e acredito que deva continuar assim, melhorando a cada dia. Então eu acho que a parceria é fundamental para o crescimento do mercado da cerveja artesanal.

22) É possível se sustentar trabalhando apenas com cerveja no Brasil?
Não é nada fácil, mas é possível. Tudo depende do quanto você precisa para viver. Para trabalhar com cerveja no Brasil do jeito que eu queria, tive que inventar o meu trabalho. Todo meu sustento hoje é proveniente do mercado cervejeiro brasileiro. Ainda aos trancos e barrancos, mas melhorando a cada dia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s