Daniel Martins

DanielMartins

NOME: Daniel Martins
IDADE: 40
CIDADE E ESTADO EM QUE VIVE: Rio de Janeiro/RJ
FORMAÇÃO: Designer, sommelier de cerveja e terminando o curso Chef Executivo (Senac)
ATUAÇÃO NA CERVEJA: Como cervejeiro caseiro, fazendo cerveja nas raras e poucas horas vagas do dia. Como cozinheiro, busco elementos da cerveja para compor e elaborar alguns pratos e realizar algumas experiências. Como sommelier, ajudo na divulgação da cultura cervejeira, através de eventos de harmonização e degustação. Também atuo junto com A Queijaria/SP na divulgação da cultura das cervejas e queijos artesanais brasileiros, através de aulas e eventos de harmonização pelo Brasil. Em 2014 realizamos o 1º Fermentando A Queijaria, festival de 2 dias que uniu a cultura cervejeira e queijeira, com a presença dos produtores de ambos segmentos e um publico de 3.000 pessoas . Como designer, atuo na elaboração de marcas, rótulos e peças gráficas para os amigos cervejeiros, como a Roda Sensorial com a tradução da Cilene Saorin e que está disponível em alta resolução na web; atualmente o curso Science of Beer a utiliza no seu material.
BLOG/SITE: não possui
TWITTER: não possui
FACEBOOK: http://facebook.com/chefdanielmartins
INSTAGRAM: http://instagram.com/chefdanielmartins

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
Wäls Dubbel merece ser mencionada. Eleita a melhor no estilo e, assim, ouro na World Beer Cup.

1a) Melhor IPA produzida no Brasil
Bodebrown Cacau IPA.

1b) Melhor Weissbier produzida no Brasil
Baden Baden Weiss.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
DUM Karel IV.

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
Ballast Point Sculpin IPA.

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Ayinger Celebrator Doppelbock.

5) Qual estilo de cerveja você mais bebeu no ano?
Que mais tomei, sem sombra de dúvidas, foi IPA, até por todos os festivais e cervejas caseiras dos amigos. Mas o estilo que mais busquei, nesse ano, foi Barley Wine.

6) Qual cerveja tem a melhor relação custo x qualidade no mercado brasileiro?
Cerveja Eisenbahn 5. Encontramos com preço de R$ 7 a 8 no Pão de Açúcar (355 ml). Se trata de uma excelente Vienna Lager com dry-hopping, feita especialmente para comemorar os 5 anos da cervejaria e que depois, devido ao sucesso, ficou em linha.

7) Melhor chope (nacional ou estrangeiro) à venda no Brasil
Bodebrown Cacau IPA.

8) Melhor bar/brewpub cervejeiro nacional
Hop’n Roll, em Curitiba.

8a) Em que local você tomou o chope mais bem tirado em 2014?
Botto Bar, no Rio de Janeiro.

9) Melhor cerveja caseira
Empate: Dead Leprechaun (Strong Scotch Ale) da Fairy Tale Brewery, do Rafael Fonseca; Anthrax (Wood Aged Double Imperial Stout) da Quatro Graus, do Marlos Monçores e do Luiz Bento.

10) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil
Russian River Pliny the Elder.

11) Melhor blog ou site cervejeiro
All Beers.

12) Melhor design de rótulo de cerveja, nacional, importada ou caseira
Double Vienna da Morada Etílica, pelo bem sacado ambigrama.

13) Qual sua combinação favorita de cerveja e comida?
Cervejas & queijos artesanais.

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau (SC).

15) Qual foi a maior novidade cervejeira de 2014 (receita, cervejaria ou técnica)?
Cervejaria Tupiniquim.

16) Melhor fato cervejeiro
A conquista do ouro no premio máximo do mercado cervejeiro. A Dubbel da Wäls conseguiu esse feito, ouro no World Beer Cup. Sendo assim a primeira cervejaria na América Latina a conseguir tal proeza e que atraiu e atrairá ainda mais os olhos para as produções brasileiras.

17) Pior fato cervejeiro
Belgian Beer Weekend Rio de Janeiro.

18) Previsão cervejeira para 2015
2015 vem chegando com péssimas noticias no âmbito econômico. Será um ano de fortes ajustes, inflação alta, dólar alto e conturbações politicas. Dito isto, acho que haverá uma travada e contração nos investimentos cervejeiros e consumo. Mas mesmo assim a revolução não irá parar!

19) Para você, o que é cerveja artesanal?
Como cerveja artesanal, entendo que a preocupação primordial na sua produção seja o foco na qualidade e sustentabilidade em detrimento do aspecto financeiro de maior retorno possível. Entendo que ao se fabricar uma cerveja artesanal deva se buscar os melhores insumos, as melhores técnicas e o respeito à cultura e à historia da cerveja.

20) Quem foi a pessoa que mais trabalhou pela cerveja brasileira em 2014?
Mauricio Beltramelli.

21) Que experiência própria, profissional ou pessoal, você acha que poderia ser aplicada à cerveja artesanal?
Como sommelier, acredito no meu trabalho de divulgação e desmitificação das cervejas artesanais, seja realizando eventos e levando um novo público a esses, seja através dos cursos, harmonizações e degustações guiadas. Como cozinheiro, busco novas opções de uso da cerveja na cozinha.

22) É possível se sustentar trabalhando apenas com cerveja no Brasil?
Tratando apenas do mercado dito artesanal e deixando as grandes indústrias de fora, acredito que só com a produção, seja micro ou pequena, dê para pagar as contas. Mas acredito que o investimento para aumentar a escala e a qualidade de produção deva ser permanente. E que se deva conjugar com outras atividades correlatas, sejam elas bar, brewpub, distribuidora, lojas (on-line ou física), aulas, palestras, gastronomia e outras.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s