Luan Ferre

LuanFerre

NOME: Luan Felipe Ferre
IDADE: 25
CIDADE E ESTADO EM QUE VIVE: São Paulo (SP)
FORMAÇÃO: Graduado em Administração de Empresas
ATUAÇÃO NA CERVEJA: Sommelier de cerveja e juiz BJCP
BLOG/SITE: não informou
TWITTER: não informou
FACEBOOK: não informou
INSTAGRAM: não informou

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
STP Cafuza Imperial India Black Ale. Desde a primeira produção caseira, eu tinha certeza de que a Cafuza seria algo fora da curva. Muito lúpulo, torrado, corpo e, acima de tudo, equilíbrio. Ter essa cerveja em larga escala é algo fantástico.

1a) Melhor IPA produzida no Brasil
Extra Fancy IPA da Tupiniquim. Tomei on tap em Porto Alegre e algumas vezes em garrafa, é uma IPA muito redonda.

1b) Melhor Weissbier produzida no Brasil
Eu gosto muito da Dama, acho uma Weiss saborosa e leve.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
Esse ano vou de Bamberg Rauchbier. Percebi que sempre que ela está disponível eu a escolho para “abrir os trabalhos”, é uma ótima cerveja.

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
Struise Black Albert. Descobri essa cerveja um tempo atrás e ela vem se tornando a minha Imperial Stout favorita. Forte, complexa e equilibrada.

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Repito meu voto do último ano, Brooklyn Lager. Sempre tenho ela na minha geladeira, e agora é em latão!

5) Qual estilo de cerveja você mais bebeu no ano?
De acordo com nosso amigo Untappd, IPA.

6) Qual cerveja tem a melhor relação custo x qualidade no mercado brasileiro?
Eisenbahn. Em alguns mercados em São Paulo você encontra as garrafas por R$5, e é uma cerveja muito boa para o dia a dia.

7) Melhor chope (nacional ou estrangeiro) à venda no Brasil
Meu voto vai para o melhor chope que você pode comprar um barril para a festa na sua casa, e nesse quesito meus amigos de Campinas da Landel são campeões. Ótimos chopes e custo benefício excelente.

8) Melhor bar/brewpub cervejeiro nacional
Passei 4 meses desse ano em Porto Alegre e, religiosamente, ia toda semana no Lagom Moinhos de Vento. A casa é ótima, comida excelente, cerveja local de boa qualidade e preço bom. Se estivesse um local assim em São Paulo ficaria muito feliz.

8a) Em que local você tomou o chope mais bem tirado em 2014?
Repito o voto, Lagom!

9) Melhor cerveja caseira
Das cervejas que eu experimentei fiquei surpreso com as de dois conhecidos meus, Nicholas Ruiz e Guilherme Belintani, da PewPew. São rapazes novos e que fazem coisas muito boas, fiquem de olho neles.

10) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil
Essa é fácil, Goose Island Bourbon County Stout. Esse ano tive a oportunidade de tomá-la on tap e foi surreal. Se chegar no Brasil um dia levarei caixas e caixas…

11) Melhor blog ou site cervejeiro
Na minha opinião o All Beers ainda mantém a coroa de melhor portal de informações sobre cerveja do Brasil.

12) Melhor design de rótulo de cerveja, nacional, importada ou caseira
Acho interessante o minimalismo da Omnipollo.

13) Qual sua combinação favorita de cerveja e comida?
Pra mim as cervejas de estilo belga são ótimas para massas ou risotos. Costumo usar algumas especiais da Brooklyn, como a Local 1 ou 2 e a Sorachi Ace, com esses pratos e é sempre uma boa experiência.

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau (SC). Fui esse ano e voltarei sempre que puder. É o melhor em todos os quesitos: espaço, cervejarias, novas cervejas, preço, organização. E vale a pena conhecer a cidade de Blumenau.

15) Qual foi a maior novidade cervejeira de 2014 (receita, cervejaria ou técnica)?
Sou fã de cervejas Sours e Wood and Barrel Aged, e ver as cervejarias criando coisas nessas vertentes é ótimo. Mostra primeiro a maturidade de quem consome e alimenta boas esperanças para o futuro.

16) Melhor fato cervejeiro
Não houve um fato isolado que eu destacaria, mas a evolução do cenário como um todo foi bem legal.

17) Pior fato cervejeiro
A quantidade de picuinhas criadas ao longo do ano, na maioria das vezes por pessoas que querem aparecer mais que seu trabalho. Essa chatice criada no mercado é um dos fatores que mais me incomoda.

18) Previsão cervejeira para 2015
As previsões apontam um ano pouco estável economicamente, eu prevejo um crescimento mais modesto nas importações e criações por aqui, mas mesmo assim será um bom ano.

19) Para você, o que é cerveja artesanal?
A melhor definição que resume cerveja artesanal pra mim é: “Cerveja feita pela cabeça do mestre cervejeiro, não pelo gerente de marketing.”

20) Quem foi a pessoa que mais trabalhou pela cerveja brasileira em 2014?
A pessoa “jurídica” que acredito ter colaborado muito para a cerveja essa ano foi o Instituto da Cerveja, dos amigos e professores Estácio, Alfredo e Kátia. Os cursos de aprimoramento, palestras com grandes nomes e principalmente o Campeonato Brasileiro de Sommeliers foram ótimas iniciativas. Formando grandes profissionais teremos um mercado muito mais maduro e preparado.

21) Que experiência própria, profissional ou pessoal, você acha que poderia ser aplicada à cerveja artesanal?
Nenhuma…rs

22) É possível se sustentar trabalhando apenas com cerveja no Brasil?
Creio que sim, pois muita gente o faz. Eu, particularmente, escolhi me manter no lado consumidor, pois não vislumbrei muitas perspectivas de ganhos ao menos semelhantes à minha carreira atual. Portanto, pra mim, trabalhar nesse mercado não se mostrou muito vantajoso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s