Jarbas Menezes

JarbasMenezes

NOME: Jarbas Menezes
IDADE: 36
CIDADE E ESTADO EM QUE VIVE: Niterói (RJ)
FORMAÇÃO: Economista
ATUAÇÃO NA CERVEJA: Cervejeiro caseiro, Presidente da AcervA Niterói
BLOG/SITE: não possui
TWITTER: http://twitter.com/BaalMan78
FACEBOOK: http://facebook.com/jarbas.menezes.78
INSTAGRAM: http://instagram.com/Jarbas_Menezes_

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
Morada Hop Arabica.

1a) Melhor IPA produzida no Brasil
Invicta/Sixpoint Sexta-Feira. Uma bela Imperial IPA e ainda financiada por crowdfunding.

1b) Melhor Weissbier produzida no Brasil
Fraga Weiss, do Rio de Janeiro.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
DUM Karel IV. Foram equilibristas para harmonizar amargor e teor alcoólico.

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
Chimay Dorée. Fomos abençoados (ops!) por esta trapista chegar ao Brasil.

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Não bebi muitas Lagers estrangeiras este ano, mas como sou super fã de Munich Helles, escolho a Schwarzbräu Bayerisch Hell.

5) Qual estilo de cerveja você mais bebeu no ano?
IPA. Mais pela quantidade de opções e lançamentos do que gosto pessoal.

6) Qual cerveja tem a melhor relação custo x qualidade no mercado brasileiro?
Escolho uma cervejaria: Bamberg, com ótimas cervejas e preços na média (ou até um pouco abaixo) do mercado (só falta uma IPA mesmo).

7) Melhor chope (nacional ou estrangeiro) à venda no Brasil
Tripel Karmeliet.

8) Melhor bar/brewpub cervejeiro nacional
Botto Bar.

8a) Em que local você tomou o chope mais bem tirado em 2014?
Botto Bar.

9) Melhor cerveja caseira
Fico com minha Leviathan Witbier que ganhou o Concurso de Cerveja Caseira do Restaurante Aprazível no Rio de Janeiro.

10) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil
Dentre aquelas que eu experimentei em 2014, escolho a Stone Imperial Russian Stout.

11) Melhor blog ou site cervejeiro
Dois Dedos de Colarinho, do Marcio Beck (O Globo). Um dos poucos, senão o único, falar de cerveja com enfoque econômico do mercado.

12) Melhor design de rótulo de cerveja, nacional, importada ou caseira
Sempre gostei da irreverência da Urbana. Com A Piscadinha, eles não decepcionaram.

13) Qual sua combinação favorita de cerveja e comida?
Stouts e Porters com comida de boteco.

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau (SC). Local para você encontrar todo mundo do setor, experimentar lançamentos e até conhecer cervejas que não chegam ao Rio de Janeiro.

15) Qual foi a maior novidade cervejeira de 2014 (receita, cervejaria ou técnica)?
O Brasil entrando na disputa dos irmãos Jeppe Jarnit-Bjergsø (Evil Twin) e Mikkel Borg (Mikkeller).

16) Melhor fato cervejeiro
Vários cervejeiros caseiros lançando comercialmente suas cervejas. Rodada Bônus: queda do ICMS para microcervejarias no Rio de Janeiro.

17) Pior fato cervejeiro
A não entrada da produção de cerveja no Simples Nacional.

18) Previsão cervejeira para 2015
Mercado de cerveja artesanal continuará bastante dinâmico, mesmo com a estagnação econômica.

19) Para você, o que é cerveja artesanal?
O termo passou a ser usado pelas microcervejarias nos EUA (e replicado aqui) para se diferenciarem dos produtos das grandes cervejarias, mas fica longe do rigor do termo em relação à produção manual (não-automatizada) e, portanto, de escala bem pequena. Na verdade, isso pouco importa, acredito que quem usa o termo “artesanal” de forma sincera procura apresentar uma filosofia por atrás da produção de cerveja que representa a busca pela qualidade e inovação e o prazer em produzir cerveja e no resultado obtido.

20) Quem foi a pessoa que mais trabalhou pela cerveja brasileira em 2014?
Vejo muita gente trabalhando pelo crescimento da cultura cervejeira no Brasil.

21) Que experiência própria, profissional ou pessoal, você acha que poderia ser aplicada à cerveja artesanal?
Primeiramente, minha visão é que fabricar uma boa cerveja é somente o ponto de partida, uma cervejaria artesanal é uma empresa para ser administrada. Você também vai precisar ser bom (ou contrate alguém bom) em finanças, marketing, vendas, logística e outros .

Eu atuo na área de Inteligência de Mercado, esse ramo busca analisar uma indústria como um todo: tendências de mercado, mapear oportunidades, estratégias da concorrência etc. Em resumo, levanta e analisa todo tipo de informação que apoie as decisões estratégicas de uma companhia. No mercado cervejeiro artesanal não conheço nenhum trabalho de Inteligência de Mercado, mesmo porque a falta de informações é uma grande barreira. Por isso, acredito que um enorme trabalho poderia ser feito nesse ramo tendo como exemplos hábito dos consumidores ou estratégias de distribuição de concorrentes.

22) É possível se sustentar trabalhando apenas com cerveja no Brasil?
Poderíamos ficar falando de todas as dificuldades inerentes ao pequeno negócio no Brasil, mas várias cervejarias, bares, distribuidores e até escolas cervejeiras estão provando que sim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s