Marcelo Bonato

MarceloBonato

NOME: Marcelo Bonato
IDADE: 34
CIDADE E ESTADO EM QUE VIVE: Santo André (SP)
FORMAÇÃO: Analista de sistemas
ATUAÇÃO NA CERVEJA: Cervejeiro, sommelier de cervejas
BLOG/SITE: http://www.cervejariasumeria.com.br 
TWITTER: http://twitter.com/cervejariasumeria
FACEBOOK: http://facebook.com/cervejariasumeria
INSTAGRAM: http://instagram.com/cervejariasumeria

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
Suméria Angry Nuts Avelã IPA.

1a) Melhor IPA produzida no Brasil
Suméria Angry Nuts Avelã IPA.

1b) Melhor Weissbier produzida no Brasil
Lund Hefeweizen.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
Suméria Bilbat German Pilsner.

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
Ballast Point Sculpin IPA.

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Pilsner Urquell.

5) Qual estilo de cerveja você mais bebeu no ano?
IPA.

6) Qual cerveja tem a melhor relação custo x qualidade no mercado brasileiro?
Aqui eu pensei única e exclusivamente no consumidor final. Acredito que a Dama IPA está com uma proposta bem bacana nesse quesito.

7) Melhor chope (nacional ou estrangeiro) à venda no Brasil
Suméria Olivia IPAlito de Natal. Uma Session IPA refrescante para ser bebida à vontade.

8) Melhor bar/brewpub cervejeiro nacional
Cervejaria Nacional, lugar onde se pode beber cervejas frescas, praticamente direto do tanque, com um preço bem bacana e uma excelente qualidade.

8a) Em que local você tomou o chope mais bem tirado em 2014?
Biergarten: Empório e Bar, em Ribeirão Preto.

9) Melhor cerveja caseira
A IPA do meu Amigo Marcos André Lopes, sensacional.

10) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil
Difícil dizer, há muita coisa a ser descoberta e importada.

11) Melhor blog ou site cervejeiro
All Beers do Raphael Rodrigues.

12) Melhor design de rótulo de cerveja, nacional, importada ou caseira
Novamente serei fiel à Suméria. Para mim o rótulo da Olivia IPAlito é destaque no quesito criatividade e inovação,  além de outras mídias importantes do meio cervejeiro, chegamos a sair no BeerCast e também no Jornal “O Globo”, em uma matéria sobre criatividade e inovação.

13) Qual sua combinação favorita de cerveja e comida?
Way Porter com uma torta de banana com doce de leite, creme branco, um toque de canela e massa podre. Servimos essa combinação fantástica em nosso bar, localizado em Santo André. É simplesmente sensacional!

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Slow Brew Brasil, os organizadores realmente se preocuparam com tudo, principalmente com o bem estar e a comodidade, em todos os sentidos. Não fui a Blumenau em 2014.

15) Qual foi a maior novidade cervejeira de 2014 (receita, cervejaria ou técnica)?
O mercado mundial está de olho no Brasil. Grandes marcas estrangeiras abriram suas portas para as chamadas “receitas colaborativas”.

16) Melhor fato cervejeiro
A ascensão exponencial do setor. Acredito que em poucos anos nos consolidaremos como um importante mercado global.

17) Pior fato cervejeiro
O não enquadramento das microcervejarias no Simples Nacional. Há muito que aprender.

18) Previsão cervejeira para 2015
Para 2015 o crescimento exponencial, através de uma grande sinergia, continua. Com mais maturidade e direcionamento, o mercado tende a consolidar-se e tornar-se mais estruturado.
Cadeias de distribuição tendem à unificação. Com a entrada das grandes fabricantes nesse mercado premium, que não possui clientes fieis a uma determinada marca, um consumo cada vez maior, daqueles que são considerados “novos consumidores”, fará com que algumas marcas ciganas, já conhecidas, se consolidem e montem as suas próprias plantas de fabricação. Outros, porém, não sobrevirão à acirrada e desenfreada obstinação pela qualidade e a expansão da produtividade, possuir uma marca de cerveja artesanal não depende somente do produto final acabado, a lógica desse mercado é implacável e é preciso atenção.

19) Para você, o que é cerveja artesanal?
Cerveja artesanal, deixando toda a parte governamental de lado, é aquela onde os cuidados iniciam-se desde a concepção da receita, passando por todas as aquisições, insumos, garrafas, elaboração de rótulos, até chegar ao produto final acabado. O processo artesanal, não tem como fator principal, a máxima rentabilidade, mas sim a qualidade e a satisfação do consumidor final.

20) Quem foi a pessoa que mais trabalhou pela cerveja brasileira em 2014?
Difícil nomear um embaixador. Acredito que todos nós nos esforçamos ao máximo. Juntos, com os mesmos propósitos, somos mais fortes e vamos mais longe sem dúvida alguma.

21) Que experiência própria, profissional ou pessoal, você acha que poderia ser aplicada à cerveja artesanal?
O mercado produtor cervejeiro, não é para aventureiros, estamos lidando com um “alimento” e, mais do que isso, um produto alcoólico. A responsabilidade em cima desses pontos deve ser muito bem observada. O consumidor ainda não está bem preparado para identificar e separar o produto bom do produto ruim, essa é uma questão de maturidade e seleção natural.

22) É possível se sustentar trabalhando apenas com cerveja no Brasil?
Trabalhar com cerveja é muito prazeroso e gratificante, mas não é tão simples assim. Falando como produtor, considero a cadeia cervejeira relativamente nova. Isso porque os órgãos governamentais, empreendedores, profissionais autônomos, estudiosos, fornecedores, compradores e consumidores em geral, estão gradativamente aprendendo a desenvolver o seu importante papel nesse setor.

Ainda é preciso amadurecer muito. Para os produtores, acredito ser importante ganhar escala de produção, para os órgãos competentes, é necessário se aprimorar mais e acelerar os processos de aprovação em geral. As altas taxas de impostos, logística onerosa e dificuldades com a aquisição de matéria prima tornam a cerveja artesanal brasileira um produto ainda caro demais.

Há também os consumidores e revendedores que, por sua vez, estão gradativamente se especializando. É possível, sim, se sustentar com esse trabalho, mas aquele que optar por esse seguimento, terá um maravilhoso e extenso mercado pela frente, há muito que estudar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s