Marcelo Costa

MarceloCosta

NOME: Marcelo Costa
IDADE: 44
CIDADE E ESTADO EM QUE VIVE: São Paulo (SP)
FORMAÇÃO: Jornalista
ATUAÇÃO NA CERVEJA: Sommelier de cervejas, editor do Birrinhas e do site Scream & Yell
BLOG/SITE: http://screamyell.com.br/blog/
TWITTER: https://twitter.com/screamyell
FACEBOOK: https://www.facebook.com/marcelo.costa.5855
INSTAGRAM: http://instagram.com/screamyell/

***

1) Melhor Ale produzida no Brasil
Tupiniquim Polimango.

1a) Melhor IPA produzida no Brasil
Tupiniquim Polimango.

1b) Melhor Weissbier produzida no Brasil
Bodebrown Hop Weiss.

2) Melhor Lager produzida no Brasil
Morada Double Vienna.

3) Melhor Ale estrangeira à venda no Brasil
Duchesse De Bourgogne.

4) Melhor Lager estrangeira à venda no Brasil
Ayinger Celebrator Doppelbock.

5) Qual estilo de cerveja você mais bebeu no ano?
IPA.

6) Qual cerveja tem a melhor relação custo x qualidade no mercado brasileiro?
Duvel.

7) Melhor chope (nacional ou estrangeiro) à venda no Brasil
Cafuza.

8) Melhor bar/brewpub cervejeiro nacional
Empório Alto dos Pinheiros.

8a) Em que local você tomou o chope mais bem tirado em 2014?
Brewdog SP.

9) Melhor cerveja caseira
Marley Winehouse, da The Walking Cat Brew Co. (SP).

10) Melhor cerveja que ainda não chegou ao Brasil
Russian River Pliny the Elder.

11) Melhor blog ou site cervejeiro
Brejas.

12) Melhor design de rótulo de cerveja, nacional, importada ou caseira
Tupiniquim Polimango.

13) Qual sua combinação favorita de cerveja e comida?
Brown Ale com hambúrguer.

14) Melhor evento cervejeiro nacional
Mondial de la Bière, no Rio de Janeiro.

15) Qual foi a maior novidade cervejeira de 2014 (receita, cervejaria ou técnica)?
A ampliação do mercado de cervejas colaborativas: Tupiniquim com Evil Twin /Omnipollo; Urbana com Brouwerij ‘t IJ; Brewdog e 2Cabeças…

16) Melhor fato cervejeiro
A abertura dos bares da Brewdog e do Delirium Café em SP.

17) Pior fato cervejeiro
São Paulo não ter um festival de cervejas digno, sério.

18) Previsão cervejeira para 2015
Muita experimentação. Se até a AmBev testou receitas com a Bohemia em 2014… (com a Bela Rosa, a Japutipa e a Caá-Yari)

19) Para você, o que é cerveja artesanal?
Para mim são, literalmente, cervejas produzidas de modo artesanal, no fundo do quintal ou na área de serviço de apartamento.

20) Quem foi a pessoa que mais trabalhou pela cerveja brasileira em 2014?
Cilene Saorin.

21) Que experiência própria, profissional ou pessoal, você acha que poderia ser aplicada à cerveja artesanal?
Acredito que estamos no caminho certo, vivendo um momento em que vale a pena testar tudo (e a linha Sour da Way é um ótimo exemplo) para ampliarmos o alcance da cerveja como um todo. Para o público entender que cerveja não é só a Standard American Lager que ele bebe no boteco, precisamos instigá-lo a conhecer outros estilos. Nesse ponto, creio que a linha da Eisenbahn seja uma excelente porta de entrada para bebedores devido à equação custo/beneficio. Dali o bebedor pode descobrir estilos e se aprofundar. Ainda (inclusive nos brewpubs) trabalhamos muito no tiro no escuro.

22) É possível se sustentar trabalhando apenas com cerveja no Brasil?
Creio que sim. Eu não consigo, ainda, mas o mercado está se ampliando, cada vez mais. O futuro é bastante interessante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s